Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Paulista - SP

Brasilia - DF

EnglishעִבְרִיתPortuguêsEspañol

congresso na USP debate a história da ciência – Jornal da USP

20231106_00_albert_einstein_sala.jpg


Evento aberto ao público é promovido pelo Centro Interunidade de História da Ciência da USP e vai discutir, de 8 a 10 de novembro, a historicidade das atividades científicas e técnicas, em diálogo com a sociedade

20231106 00 albert einstein sala20231106 00 albert einstein sala
Relevância de Einstein para a educação hoje é um dos temas do evento – Foto: Wikimedia Commons

.
Por Mauro Bellesa*

Diálogos e Fronteiras é o tema do 3º Congresso de História da Ciência e Técnica da USP, que será realizado de 8 a 10 de novembro com programação de conferências, simpósios temáticos, mesa-redonda e sessões de pôsteres. A participação é aberta ao público, com atividades em salas do Departamento de Geografia e do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, na Avenida Prof. Lineu Prestes 338, no campus de São Paulo, no Bairro do Butantã, e também em salas do Instituto Butantan, que fica próximo à FFLCH.

Organizado pelo Grupo de Pesquisa Khronos: História da Ciência, Epistemologia e Medicina do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP e pelo Centro Interunidade de História da Ciência (CHC) da USP, o congresso vai discutir a historicidade das atividades científicas e técnicas, em diálogo com a sociedade.

De acordo com o professor Gildo Magalhães dos Santos, coordenador do grupo e diretor do CHC, o alcance das atividades científicas e técnicas é cada vez mais extraordinário, mas a divulgação e acessibilidade aos resultados não são satisfatórias. “A história por trás desse desenvolvimento mostra a necessidade de transpor fronteiras e colocar a ciência e a técnica em diálogo com outras áreas de conhecimento”, destaca.

As manhãs dos três dias serão dedicadas a 11 simpósios temáticos sobre:

  • Ideias, Instituições e Lugares Ligados ao Conhecimento
  • Comunicação e Divulgação do Saber Científico e Técnico
  • Controvérsias Científicas e Técnicas
  • Relações entre Ciências e Técnicas
  • Instrumentos e Ferramentas de Pesquisa
  • Políticas Públicas e o Papel Social de Cientistas e Técnicos
  • Fontes, Documentação e Historiografia
  • Desenvolvimento Científico/Técnico Local e Global
  • A História da Ciência e Técnica e o Seu Diálogo com a Educação
  • História da Ciência, Filosofia da Ciência e Suas Interfaces
  • Interdisciplinaridade e Complementaridade de Conhecimentos

No dia 8, às 14h30, o historiador da ciência Lewis Pyenson, Professor Emérito da Universidade do Oeste de Michigan, EUA, fará a conferência A Relevância de Einstein e Picasso para a Educação Hoje (em inglês, sem tradução). No mesmo dia, às 17h, será inaugurada a instalação Ciência e Arte, com curadoria do artista plástico Walter Miranda.

No dia 9, às 11h, o professor João Cortese, do Instituto de Biociências (IB) da USP, fará a conferência Pascal e uma Filosofia da Prioridade: Como Avaliar a Generalidade Matemática em um Concurso? Às 14h30 do mesmo dia, acontece a mesa-redonda Financiamento e Políticas Públicas de Ciência e Tecnologia, com a participação de Olival Freire Junior (diretor científico do CNPq), Paulo Lee Ho (Instituto Butantan) e Kip Garland (iSEED). Às 17h, ocorrerá o lançamento dos livros:

  • Entre Metafísica, Distopia e Mecenato, de Vanete Santana-Dezmann;
  • Robôs e Inteligência Artificial nas Telas – Tecnociência, Imaginário e Política na Ficção, de Lívia de Pádua Nóbrega;
  • Spaces and Ideas – An Overview of the Entangled German Begegnung with Brazil, de vários autores;
  • Meu caro Einstein e Outras Histórias da Ciência e da Técnica, de Gildo Magalhães dos Santos.

As sessões de pôsteres serão nos dias 8 e 10, das 12 às 14h. A última conferência do congresso será feita por Gildo Magalhães dos Santos no dia 10, às 14h30, sobre o tema Controvérsias Científicas: Cui Prodest?.

As três conferências e a mesa-redonda serão realizadas no Auditório Milton Santos, no Departamento de Geografia da FFLCH.

3º Congresso de História da Ciência e Técnica da USP – Diálogos e Fronteiras
8 a 10 de novembro
Prédio de Geografia e História e Instituto Butantan, na Cidade Universitária, em São Paulo
Programação completa neste link
Mais informações: pelos e-mails clauregi@usp.br ou chciencia@usp.br ou na página do evento.

.

* Da Assessoria de Comunicação do IEA





Source link

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Print
plugins premium WordPress