Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Paulista - SP

Brasilia - DF

Rio de Janeiro - RJ

EnglishעִבְרִיתPortuguêsEspañol

“Karingana” resgata a infância e a oralidade nas creches – Jornal da USP

20231109_00_livro_karingana_creches.png


A obra, da educadora e psicóloga Ana Mello, será lançada dia 23/11 em São Carlos, dia 24/11 em Ribeirão Preto e dia 25/11 na cidade de Sacramento, Minas Gerais 

Por

Publicação chama a atenção para preservação da oralidade nas/das infâncias a partir dos diálogos infantis – Foto: Divulgação/Editora Insular

.
“Karingana”….. uma psicóloga e educadora que passou décadas ouvindo crianças e os também educadores e educadoras em creches onde atuou e, inspirada nesses diálogos e nos povos moçambicanos, resolveu escrever um livro para preservar a oralidade dos pequenos. 

Assim, nasce Karingana – Licença para ouvir e contar infâncias, Editora Insular, 152 páginas, livro escrito por Ana Mello. Karingana é a expressão que dá início a uma história, na língua Ronga, falada na região sul de Moçambique, equivalente ao “era uma vez” em português. Ana participou da fundação e construção de projetos da Creche Carochinha, no Campus da USP em Ribeirão Preto, onde foi diretora por muitos anos, e da Creche e Pré-Escola da USP em São Carlos. 

A escritora conta que para escrever Karingana, além do povo moçambicano, que de tanto ouvir, cantam e dançam estórias, pedindo sempre licença para ouvi-las, também considerou a origem africana dos brasileiros, na qual a linguagem oral é um meio privilegiado de interação e comunicação entre os pequenos, entre os iniciantes. “Essa linguagem ocupa posição de centralidade nas relações humanas e na constituição da subjetividade. A oralidade foi, gradativamente, sendo deixada de lado por parte expressiva das unidades de Educação Infantil, e, a partir do primeiro ano do Ensino Fundamental, notamos a total negligência dos adultos para as conversas e diálogos trazidos pelas crianças.”

Ana Mello, que criou projetos na Creche Carochinha em Ribeirão Preto e na Creche e Pré-Escola na USP em São Carlos. Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Ana, a obra nasce com a ideia de preservar a oralidade nas/das infâncias a partir dos diálogos infantis, ouvidos e sentidos durante suas experiências em psicologia e educação em creches e escolas onde atuou desde 1973. “Minha prática é permeada de temas em que crianças e educadores e educadoras ora falam separadamente, ora juntos ou juntas. Eu repensei todo tempo – de um lado, junto com as outras infâncias; do outro lado, com a minha própria infância.” 

Para a autora esse livro é feito de organização de esquecimento, “nossas memórias de falas entre crianças, entre crianças e adultos e entre adultos”.  Esse livro, diz Ana, “é um convite para que os leitores e leitoras pensem em suas infâncias, como também nas interações com outras infâncias”.

Karingana – Licença para ouvir e contar infâncias será lançado no próximo dia 23/11, às 18h, no Centro Cultural da USP em São Carlos. No dia 24/11, às 10h, será a vez do campus de Ribeirão Preto receber o lançamento, no Anfiteatro André Jacquemin, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCLRP) da USP. E no dia 25/11, às 17h, os mineiros de Sacramento recebem Ana Mello para o lançamento da obra durante o Sarau das Bititas – Arte em Movimento, na Fazenda Santa Maria. 

Para adquirir a obra, que custa R$48,00 basta acessar o site da editora neste link, ou com a própria autora pelo e-mail melloa@uol.com.br ou durante o lançamento.

Serviço 

Lançamento da obra: Karingana – Licença para ouvir e contar infâncias

Dia 23/11 – 18h
Centro Cultural da USP em São Carlos, na Avenida Carlos Botelho, S/Nº – São Carlos

Dia 24/11 – 10h
Anfiteatro André Jacquemin, na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, Avenida Bandeirantes, s/nº, Campus da USP Ribeirão Preto

Dia 25/11 – 17h
Sarau das Bititas – Arte em Movimento, no Casarão/Museu do Instituto Cultural Leopoldina Geovana de Araújo (INCLA) na Comunidade de Santa Maria, em Sacramento, Minas Gerais





Source link

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Print
plugins premium WordPress