Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Paulista - SP

Brasilia - DF

EnglishעִבְרִיתPortuguêsEspañol

Projeto USP Música Criança apresenta concerto em Ribeirão Preto – Jornal da USP

20231009_musica_crianca_rpjpg


Evento realizado no domingo passado, dia 8, faz parte de iniciativa do Departamento de Música da USP que incentiva formação musical de crianças e jovens

Por

20231009 musica crianca rp
Apresentação contou com 320 crianças e ocorreu em 8 de outubro no Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto – Foto: Marcela Borges Moreira

 

No último domingo, dia 8, às 16 horas, um coro formado por 320 crianças cantando e tocando ecoou no Theatro Pedro II, no centro de Ribeirão Preto. A apresentação foi realizada pelos integrantes do Projeto USP Música Criança, que pretende impactar a formação cultural e educacional de crianças e jovens através da música. 

“Eventos grandiosos como este realizado no Theatro Pedro II, com 320 crianças no palco e uma plateia de 1220 pessoas, em geral organizamos no dia das crianças, além dos concertos de natal ou de fim de ano. Mas o trabalho não se resume aos concertos, uma vez que as atividades didáticas ocorrem semanalmente e necessariamente devem ser continuadas”, conta Rubens Russomanno Ricciardi, coordenador do projeto e professor titular do Departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP. 

O professor detalha que, “após a assimilação dos princípios básicos da iniciação musical, as crianças já se apresentam nestes concertos didáticos, uma vez que se toma o cuidado para que o nível de dificuldade técnico-artístico do repertório esteja sempre correspondente à etapa de aprendizado”.

20220906 rubensrussomanno
Rubens Russomanno Ricciardi – Foto: Divulgação/IEA-USP

Ricciardi, que é compositor, maestro, arranjador, musicólogo e pianista, ressalta a importância que a iniciativa exerce no desenvolvimento das crianças. Além das contribuições na área musical, com o processo de aprendizado de leitura de solfas e o consequente letramento internacionalizado – afinal, a leitura proporciona o contato com outros idiomas como latim, italiano, alemão e francês –, o projeto auxilia em outros campos da formação dos participantes.

“O USP Música Criança também favorece as questões de segurança (a família toda acaba se engajando em iniciativas das artes), saúde (crianças que tocam e cantam têm uma saúde melhor), cidadania, noção de respeito, trabalho coletivo e disciplina, bem como o potencial inventivo e o fomento de uma inteligência indissociável das questões de linguagem e do bom gosto”, explica o professor.

Criado em 2016, o USP Música Criança surgiu como uma parceria do Departamento de Música da FFCLRP-USP, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, da Secretaria da Saúde do Município e da Associação de Moradores do Complexo do Mirante em Ribeirão Preto. A iniciativa visa a iniciação e a formação musical de crianças e jovens desfavorecidos socioeconomicamente. A intenção é incentivar o desenvolvimento de novos instrumentistas, cantores e entusiastas da música através de aulas que incluem tanto a teoria musical como a prática instrumental e vocal.

O USP-Música-Criança atende desde crianças entre 4 e 7 anos de idade, com aulas de Iniciação Musical (musicalização), até jovens entre 8 e 18 anos com o curso de Cordas Friccionadas (violino, viola, cello e contrabaixo acústico). Para participar, é preciso estar matriculado em uma escola de ensino regular. As aulas do projeto acontecem nos períodos da manhã e da tarde, a depender do turno que o aluno estuda. 

Não há seleção, uma vez que trabalhamos com crianças desde a fase da educação infantil. As famílias das crianças, cientes da existência destes projetos sociais com formação musical, procuram as suas sedes (em Ribeirão Preto, Sertãozinho, São Joaquim da Barra etc) e em geral a admissão é um processo simples e fácil”, relata Ricciardi.

O projeto tem a participação de alunos de graduação e de pós-graduação, funcionários, pesquisadores e docentes da USP. Os professores do curso são, em sua maioria, egressos do curso de Música da USP de Ribeirão Preto, segundo Ricciardi. “Há uma filosofia confluente de trabalho, o que confere ao repertório uma coerência das obras didáticas (os solos de cada naipe por classes de instrumentos) com novas versões sinfônicas”, explica o professor. “Tais como concertos de Mozart (para Flauta em Ré maior e para Fagote em Si bemol maior), culminando com canções folclóricas de Villa-Lobos também com novos arranjos e, por fim, com a participação de todos, o Trenzinho do Caipira (Toccata da Bachiana nº 2).”

Além de Ricciardi, a coordenação conta com Marcos Santos, professor doutor de Violino do Departamento de Música da FFCLRP-USP. O projeto também conta com uma unidade em São Joaquim da Barra, administrado pela Casa do Menor Santa Lúcia e em parceria com o Centro Cultural Carlos Alberto Nicolau. A iniciativa possui, ainda, convênio acadêmico com instituições parceiras, sendo elas a Academia Livre de Música e Artes (ALMA) de Ribeirão Preto, o Instituto Aparecido Savegnago de Sertãozinho e o Projeto Guri.

Mais informações estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Graduação da USP.





Source link

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Print
plugins premium WordPress