Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Paulista - SP

Brasilia - DF

EnglishעִבְרִיתPortuguêsEspañol

Provão Paulista começa a ser aplicado nas escolas públicas nesta semana – Jornal da USP

20231127_00_escola_publica_prova.jpg


Primeira edição do novo processo seletivo de acesso ao ensino superior público de São Paulo começa nesta quarta-feira, 29 de novembro; são mais de 15 mil vagas em cinco universidades públicas e gratuitas

20231127 00 escola publica prova20231127 00 escola publica prova
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

.
Com o cronograma alterado devido à paralisação anunciada para a terça-feira, dia 28 de novembro, pelos metroviários, ferroviários e funcionários da Sabesp, o Provão Paulista começa a ser aplicado para os alunos da 3ª série do ensino médio nesta quarta e quinta-feira, dias 29 e 30 de novembro (antes previsto para os dias 28 e 29 de novembro). Estudantes da 1ª e 2ª séries, com prova agendada originalmente para os dias 30 de novembro e 1º de dezembro, tiveram os testes transferidos para os dias 1º (sexta) e 4 de dezembro (segunda).

Nesta primeira edição, mais de 1,2 milhão de estudantes da 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio participam do novo processo seletivo que oferece mais de 15 mil vagas em faculdades da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatecs) e Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

A prova vai avaliar as diferentes habilidades que os estudantes desenvolveram ao longo de todo o Ensino Médio. O caderno de prova de cada série reúne 90 questões de múltipla escolha e vai exigir do candidato interpretação de texto e questões contextualizadas.

No primeiro dia de aplicação, serão avaliadas duas áreas do conhecimento: Linguagens e suas Tecnologias, que inclui as disciplinas de língua portuguesa, com 20 questões, e língua inglesa, com quatro questões; e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que é formada pelos componentes de física, química e biologia – cada uma com oito questões.

O segundo dia terá provas da área de Matemática e suas Tecnologias com 20 questões. É a vez também de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, com sete questões do conteúdo de história e outras sete de geografia, além de quatro de sociologia e mais quatro de filosofia.

Para os estudantes da 3ª série, o dia segue com a prova de redação, que exige a elaboração de um texto dissertativo-argumentativo. A Fundação Vunesp, instituição organizadora da prova, prevê um tema relevante e atual aos moldes do Enem e dos principais vestibulares do País.

Correção das provas

As questões objetivas serão corrigidas por meio de leitor óptico e a redação será avaliada por uma equipe de colaboradores que levará em conta critérios como uso da norma culta, compreensão da proposta e capacidade de interpretação das informações.

O candidato terá as provas anuladas e automaticamente eliminado do Provão Paulista caso falte em um dos dias de provas, obtenha nota zero em qualquer uma das matérias que compõem o exame e/ou não alcançar no mínimo 20% do valor máximo da redação.

Cálculo da nota

Para composição do resultado final da nota é obrigatória a participação do candidato nas três provas referente às três séries do Ensino Médio. Caso o aluno não realize alguma das etapas do Provão Paulista, ele estará automaticamente desclassificado e não poderá fazer a prova do ano seguinte.

Por ser um processo seriado, as notas conquistadas ao longo dos anos terão pesos crescentes: a prova da 3ª série terá maior peso que a da 2ª série, que, por sua vez, será maior que a da 1ª série. A ideia é valorizar o ganho de conhecimento do estudante ao longo da jornada escolar. Para os alunos matriculados neste ano na 3ª série do Ensino Médio, a nota final é composta 80% pela prova de múltipla escolha (90 questões) e 20% pela prova de redação.

Em 2024, o cálculo é feito a partir do somatório da pontuação de quem hoje está na 2ª série, sendo 30% a parte de múltipla escolha, mais 50% da múltipla escolha e 20% da redação realizada na 3ª série. Já em 2025, pela primeira vez, será utilizado o desempenho do aluno ao longo das três séries do Ensino Médio. Assim, para quem em 2023 está na 1ª série, as questões de múltipla escolha equivalem a 15% do total. Na 2ª série, no próximo ano, o porcentual para os itens de múltipla escolha é 25% e, por fim, na 3ª série, daqui a dois anos, as questões de múltipla escolha correspondem a 40% da nota e 20% de redação.

Cada instituição de ensino superior conveniada publicará instruções para definir o processo de matrícula e o ingresso do estudante em cada faculdade.

Para mais informações sobre o Provão Paulista Seriado, acesse o site www.educacao.sp.gov.br

.

Com informações da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo





Source link

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Print
plugins premium WordPress